Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Ir em baixo

Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por PauloARC em Dom Jul 01, 2018 4:25 pm

Boas!

No natal passado, foi me oferecida uma Keeway Superlight 125 usada com 900KM .

O primeiro mês foi sempre a andar até que, os problemas começaram mas mesmo sempre a abrir (Aos 1000Km):

-O manómetro do combustível é tão útil como ter um monte de cartas de tarô para adivinhar o nível do combustível;
-O Velocímetro e o Conta rotações não possuem um movimento fluido, em particular o Velocimetro que de vês em quando "treme" ao aumentar de velocidade;
-A mota decidiu começar a consumir combustivel como se não houvesse amanhã (média de 5L/100km);
-Começou a surgir um "rossar", um barulho que aparece apenas quando se procede a mudar de mudanças e intensifica-se à medida que o motor aquece que, por sua vez está ligado ao que parece ser uma perda de potência intermitente.

1º Round: Com tudo isto, eu decidi ir à Rame Moto e, parafraseando: gostaria que me revissem absolutamente tudo nesta mota para além da revisão dos 1000KM.
Passado uma semana recebo a mota, supostamente afinada, corrente esticada etc etc etc... Absolutamente todos os problemas se mantêm.

2º Round: Volto a ligar para a Rame Moto, decido deixar la a mota. Isto passado uma semana de "teste" para ver se os problemas se mantinham.
Fui buscar na mesma a mota, e mais uma semana de teste.

3º Round: Volto a ligar para a Rame Moto, "aspas aspas" e decidem me dizer que fizeram todos os testes em todas as motas e que supostamente a parte do velocimetro, conta rotações e boia de gasolina é normal. (Mas consideraram um problema nas primeiras duas vezes, supostamente especialistas que vêm dezenas ou centenas de motas todos os meses).

4º Round: Vou tentar outra oficina, o problema do ruido a engrenar as mudanças mantêm-se e, como devem calcular, não é da corrente. O que me inerva é que a mota ainda está com garantia (vai fazer 1 ano apenas) e cheira-me a falta de vontade.

Gostaria então, se possivel, atender às vozes de experiência deste forum que talvez me possam ajudar com a minha situação! Sad

Cumps!

PauloARC

Mensagens : 2
pontos : 6
Data de inscrição : 11/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por MarcoSL125 em Dom Jul 01, 2018 7:46 pm

Boas Paulo. Antes de mais de onde és?

Se fores do Porto/Gaia/St Maria da Feira podso indicar-te dois sitios: Stand Estrela Dias em Matosinhos. Vai la e pede para falar com o Sr Manuel mecanico e expõe a tua dúvida. Não é um Stand/Oficina caro e de certeza és bem atendido. Podes ir aonde comprei a minha SL, Stand A Vencedora, em Vale de Cambra, dizes que foi o Marco que comprou lá uma SL, e fala com o Filipe.

Tanto um lugar como outro não te farão ficar lá a mota sem te explicar o que se possa passar.

Realmente é estranho tudo isso, e se está na garantia nada melhor que ires a outros concessionários como esses que te indiquei. Se os problemas lá estão ninguem os esta a inventar. A ver se isso se resolve. Por aquilo que tenho aprendido de motas e especialmente SLs isso não é costume nem um problema comum ...

Abraço

MarcoSL125

Mensagens : 287
pontos : 325
Data de inscrição : 21/05/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por Luís Lourenço em Dom Jul 01, 2018 9:44 pm

Olá Paulo.
Pareces ter aí muitas preocupações mas calma, muitas vezes nas nossas máquinas o que parece ser um bicho de 7 cabeças até não é. Não te posso ajudar muito nos aspectos que relataste mas em relação ao manómetro de combustível o que queres dizer? Estás familiarizado com o comportamento normal do mesmo? É peculiar e podes ver isso noutros tópicos sobre abastecer a mota aqui no fórum. Se o caso que relatas é o seguinte: mota atestada, andas 200km sem o ponteiro mexer e de repente salta pra  quase meio e daí pra frente é sempre a baixar. Se é este o teu caso....é normal e tem que ver com a forma do nosso depósito. Regra geral o pessoal faz cerca de 400 a 450km (eu já cheguei a fazer 500km mas é arriscado) antes de voltar a bomba. Sugiro que vejas nos tópicos que falei como costumamos abastecer as nossas máquinas. No início tinha dificuldade em fazer médias acertadas por não saber como abastecer sempre no mesmo nível. Será possível ser esse o caso e que te faz dar médias nada comuns nestas máquinas?

Espero que tudo se resolva e que possas voltar a desfrutar do prazer que é rolar nesta máquina.
Abraço e boas curvas v riding

____________________________________________________________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Keeway Superlight 125 EL
avatar
Luís Lourenço

Mensagens : 234
pontos : 244
Data de inscrição : 16/09/2017
Idade : 34
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por SL125 em Seg Jul 02, 2018 12:47 pm

Bem vindo PauloARC,

Antes de mais, quando a recebeste a mota devias (se não o fizeste) ter lido o manual com atenção. Pelo menos nas Euro3 vinha lá bem explícito que até aos 1.000kms jamais se deve andar com a mota no limite, pois a mesma está em rodagem.
E isso não é só nesta mota, é em todos os motores, se quiseres dar longevidade aos mesmos.
Deve-se chegar no máximo a 80% do acelerador e apenas por breves momentos, isto a boa prática, claro. Aos 1.000kms a mota deve levar as válvulas afinadas devido a ter andado em rodagem.
O ruído da troca de caixa... não estarás a trocar de mudanças muito cedo? Deve-se trocar de mudança pelo menos às 5 mil rpm, fora isso, podes ter a embraiagem desafinada ou não te teres adaptado à mota.
Acho estranho se fosse necessidade de afinação não te terem detetado na Rame Moto, eles vêem dezenas de Superlight's por mês.

Agora, se a mota consome muito e engasga ou enrola o andamento quando vais a andar bem, eu diria que tens a mistura muito rica e deves pedir para te afinarem o carburador, colocando a agulha ao meio. (se for a versão de carburador, claro, caso contrário terá de ser a EFI revista)

Quanto a ponteiros, sobre o combustível o Luís já escreveu e sobre o da velocidade, sim isso acontece, mas acontece nesta e em qualquer mota do estilo "ferro" com o sistema de bicha de conta kms + vibração de motor.

Podes e deves mudar de oficina se achares que não te estão a dar a devida atenção, mas se calhar era bom ires a uma zona onde conseguisses exemplificar em andamento o que achas que não está bem para lhe poderes explicar o que acontece.

Abraços
thumb up v riding

____________________________________________________________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] + [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
SL125
Admin

Mensagens : 2966
pontos : 3281
Data de inscrição : 19/03/2015
Idade : 40
Localização : Zona Oeste

http://keeway-riders-pt.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por MarcoSL125 em Seg Jul 02, 2018 7:08 pm

Boas Paulo, so agora li com atenção e vi que te referiste à Rame Moto, e eu percebi Multimoto desculpa o engano.

Realmente é como já foi dito. As pequenas coisas que achamos que são problemas não são. O manometro de combustível se for o caso descrito é mesmo assim, basta a mota nao estar na vertical em relaçao ao piso e já notas o ponteiro a mexer. O velocimetro basta estares numa estrada de paralelos e o ponteiro abana todo. É mesmo feitio. E muitas mais manhas irás ver, até que já nem dás importância m.

Abraço

MarcoSL125

Mensagens : 287
pontos : 325
Data de inscrição : 21/05/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de Bordo e a Pior Experiência até Hoje

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum